segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

“A minha alma está pegada ao pó; vivifica-me segundo a tua palavra” Sl 119.25

O discípulo necessita constantemente de renovação espiritual. Pode ser que hoje mesmo você tenha acordado e dito assim: “Meu Deus, não suporto mais esta rotina, fazer as mesmas coisas, ver as mesmas pessoas, preciso renascer”. Eu mesmo querido, já disse isso tantas vezes. Sabe qual é a única forma de nos livrarmos deste fardo? Permitindo que o Senhor injete uma nova vida em nós. Deus é tão bom... Constantemente, Ele permite que nossas forças se desvaneçam, para nos dar o vinho novo da Sua presença, a comunhão com o Seu Espírito, a graça para vencer qualquer desafio, e isso Ele faz tornando viva a Sua palavra em nosso coração. Quando você notar que está cansado, sem fé, ansioso demais, reserve um tempo para refletir na Palavra do Senhor. Na leitura persistente da Bíblia, Deus se revela a nós, colocando em nosso coração sementes espirituais que germinarão na forma de fé, bênçãos e vitórias para nossa vida! É tempo de ler a Palavra e acreditar no que Ela nos ensina! Deus te abençoe! Medite nisso: “Em todas as minhas perplexidades e angustias a Bíblia nunca deixou de me fornecer luz e vigor”, Robert E. Lee.

domingo, 8 de janeiro de 2012

“Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e assentando-se, aproximaram dele os seus discípulos; e abrindo a boca, os ensinava (...)” Mt 5.1

O sermão da Montanha é o mais importante discurso de Cristo. Aqui, Jesus ensina seus discípulos a viverem conforme a vontade de Deus. A cena desta pregação me é tocante, pois em tudo lembra a entrega da Lei para Moises: (1) Deus entregou a lei no monte; Jesus ensinou a Sua lei também no monte; (2) Deus chamou Moisés ao cume do monte e o povo israelita ficou de longe, observando a manifestação da glória; os discípulos de Cristo subiram ao monte com Ele e a multidão de longe acompanhou o ensino; (3) O teor da lei era o ensino do sermão da montanha também. Deus deseja nos ensinar a viver para Ele, de modo a causar uma profunda transformação em nosso mundo e nossa sociedade. Que tal se assentar com Ele pra aprender? Medite nisso: “Preciso me assentar com Cristo para aprender”, Deus te abençoe.

sábado, 7 de janeiro de 2012

“Demorando-se ela em orar perante o Senhor (...)” 1Sm 1.12

Algumas pessoas têm dificuldades em passar tempo com Deus. Seja por terem aprendido a fazerem orações repetidas ou simplesmente por usarem as orações apenas para pedir coisas. Elas não conseguem sentir prazer em simplesmente se prostrar diante do Pai e conversar livremente com Ele. Ana demorava em suas orações. Nós podemos aprender com ela! Comece a sua oração agradecendo ao Pai por cada evento significativo de sua vida. Mencione sua alegria pela salvação, pelo perdão dos pecados, por cada livramento recebido, pelo pão, pela consolação, pela graça... Depois conte a Ele seus planos, seus sonhos, seus alvos e projetos, interceda pelo seu semelhante, ore pela Igreja de Cristo e se ainda tiver forças, peça o que você necessita. Fazendo assim, você notará uma mudança significativa na forma que enxerga o mundo a sua volta. Medite nisso: “Aprenda a passar tempo com Deus”, seja abençoado pela prática da palavra.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

“E descendo o Senhor sobre o monte Sinai, sobre o cume do monte, chamou o Senhor a Moisés ao cume do monte; e Moisés subiu”. Ex 19.20

Irmãos (ãs), como é gostoso ter por perto a pessoa que amamos. Tudo o que planejamos fazer se torna melhor quando estamos acompanhados de alguém que partilha do mesmo sentimento, dos mesmos planos, dos mesmos sonhos que nós. A Bíblia afirma que o Senhor desceu ao Monte Sinai para dar a lei ao povo israelita, e chamou Moisés para que subisse com Ele. O criador queria o seu amigo por perto (Ex 33.11). Vou te contar um segredo: o Pai celestial quer você pertinho d Ele. No mesmo lugar onde Ele está! Do cume do monte, Ele chamou Moisés para encontra-lo. E Cristo, do cume do monte convida toda a humanidade para receber a Sua salvação ( Mt 5.1; Mc 15). Suba ao seu encontro! Medite nisso: “Cristo te chama para encontra-lo (a)”.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

(...) Penina tinha filhos, mas Ana não os tinha, 1Sm 1.3

Você já teve a sensação de que algumas pessoas que vivem de forma tão egoísta não passam dificuldades, enquanto outras que procuram viver uma vida justa sofrem toda sorte de tribulações? Este é um dos temas bíblicos mais importantes. Diversas vezes vemos justos sofrendo no texto sagrado; veja o caso de Ana. Seria Deus injusto? Tenho certeza que não. É verdade que o justo sofre, mas em boa parte das vezes ele sofre pela sua própria decisão de viver em justiça. Quem deseja viver nos padrões de Deus encontrará toda sorte de dificuldades neste mundo, onde não há espaço mais para a santidade, para a honestidade e para moral, mas Deus, por sua justiça reserva uma recompensa para aqueles que vivem na fé, procurando agradá-lo (Hb 11.6). Não te assombre por nada, Ele está com você! O tempo da virada chegará! Para Ana, este tempo trouxe um filho, e pra Cristo, este tempo trouxe a ressurreição. E para você, trará a benção que você precisa! Medite nisso: “O Senhor está me provando, mas me dará aquilo que necessito”, Deus te abençoe.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

(...) veio uma mulher que trazia um vaso de alabastro, com ungüento de nardo puro, de muito preço, e quebrando o vaso, lhe derramou sobre a cabeça, Jo 14.3

Para servir a Jesus Cristo, precisamos atender o seu chamado. Ele disse assim: ”se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz de cada dia, e siga-me” Lc 9.23. No versículo acima, a mulher quebro seu vaso para servir. Assim é conosco! O convite para andar lado a lado com o Mestre demanda que, diariamente, quebremos nossos vasos, isto é, aquilo que para nós tem valor, mas que impede que nosso coração esteja centrado no amor de Deus revelado em Cristo. Como anda sua vida? Não é tempo de quebrar alguns vasos para poder aprofundar seu relacionamento com o Salvador? Medite nisso: “Preciso quebrar alguns vasos da minha vida”.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

(...) renovarão as suas forças, Is 40.31

Uma coisa palpável que o Senhor vem me ensinando nesse deserto, é que nem sempre Ele nos dá aquilo que desejamos tanto. Não, Ele não é ruim conosco, é que na visão que o Criador possui, Ele sabe priorizar corretamente quais necessidades nossas são legitimas, e por isso, em boa parte das vezes, as únicas coisas que galgaremos com a nossa oração é uma renovação de nossas forças para permanecermos confiando em Sua graça. É mais ou menos assim: você pede a Deus para salvar uma família que lhe dá muito trabalho. O tempo passa, a pessoas não se converte, mas você percebe que em todos estes períodos, as suas forças foram sendo renovada para continuar acreditando em dias bem melhores e o Senhor, por sua graça, foi livrando da morte e do mal, aquele por quem você tem orado. Quando o Pai aparentemente se calar, o renovo se suas forças é um sussurro divino que lhe diz: ”Ainda hei de cumprir com aquilo que lhe prometi”. Jesus te abençoe.
Medite nisso: “Cada dia de espera é uma nova oportunidade d declara que Deus continua sendo fiel”.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

(...) "multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor", Is 40.29

Todos nós sabemos pela matemática, que qualquer número real multiplicado por zero, resultará em zero, não é mesmo? Por exemplo, 10 x 0 é igual a zero. No Reino espiritual é diferente, o Senhor não está limitado às regras criadas pelos homens para trazer um resultado positivo na vida de uma pessoa. E a palavra afirma que o Pai multiplica as forças daquele que não tem nenhum vigor. Como está o seu vigor, está zero? O pai pode transformar e converte-la em força e esta força, esse vigor será proporcional a sua necessidade de continuar carregando a sua cruz, até o dia da vitória chegar. Deus disse ao Ap. Paulo: “E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo”, 2Co 12.9. 
Medite nisso: "Permita que o Senhor lhe tire do chão e lhe dê esperança neste dia, Deus não está sujeito a regras humanas".

domingo, 1 de janeiro de 2012

“SENHOR, ouve a minha oração, e chegue a ti o meu clamor”. Sl 102.1

Você já orou hoje? Já agradeceu a Deus por mais um ano que se inicia? Se você não ainda não fez, faça porque a oração é o único meio ao qual Deus deixou para nos comunicarmos com Ele.  É ao Pai Celestial que nós oramos, em nome de Jesus Cristo. Não devemos de modo algum recorrer a nenhum outro tipo de ser em nossas orações. Não devemos orar aos anjos, nem a santos, nem a mais ninguém, a não ser ao Pai. Em toda Bíblia Sagrada, homens santos buscaram o Deus Trino e tiveram vitórias em suas vidas! Você pode confiar que sua vida será profundamente transformada quando a oração se tornar uma pratica constante de vida! Na alegria, ore! Na tristeza, clame! No medo, suplique! Jamais cesse de falar com Deus, somente Ele pode lhe salvar e lhe transformar. O salmista desejava que sua oração fosse ouvida pelo Pai e que seu clamor se achegasse a presença de Deus. Você pode ter a confiança de que o Pai está lhe ouvindo e no tempo certo mostrará para você o caminho que deve andar!
Medite nisso: “A oração é o meio escolhido por Deus para realizar os Seus propósitos soberanos através de homens submissos”.